VI CachoeiraDoc – Festival de Documentários de Cachoeira

Começa hoje e vai até o dia 7 de setembro mais uma edição CachoeiraDoc, festival voltado para os desafios de se fazer documentário. Essa é minha segunda ida a um evento que me conquistou da primeira vez. Há mesmo um olhar que se abre para os desafios da representação do real na tela e é muito bom estar ali vendo e discutindo isso.

Além da tradicional mostra competitiva de longas e curtas-metragens, este ano o CachoeiraDoc abre espaço para uma seleção de obras do Laboratório de Etnografia Sensorial da Universidade de Harvard, além de filmes de jovens realizadores que passaram pela prestigiada Escola Internacional de Cinema e TV, de Cuba.

O decano mestre do cinema baiano, Guido Araújo, criador da mítica Jornada de Cinema da Bahia, é homenageado e tem sua Trilogia do Recôncavo exibida. E ainda teremos sessão com o monumental Terra Natal: Iraque Ano Zero, de Abbas Fahdel, filme de mais de cinco horas de duração. É certamente uma seleção instigante.

Vou a convite do evento cobrindo pelo Jornal A Tarde e escrevo algumas coisas por aqui também. É hora de mais uma maratona de filmes, de rever alguns e  descobrir outros, aproveitar os bons encontros e as interessantes discussões.

O site oficial com toda a programação, gratuita, pode ser acessado aqui. Que venham os filmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquivos