Mostra SP – ranking geral

Chega
ao fim mais uma Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Minha segunda
experiência consecutiva imerso num mundo de filmes do mundo todo. Foi mais uma
oportunidade de ver o que há de novo por aí, de conferir clássicos absolutos do
cinema e de reencontrar e conhecer essas pessoas malucas que compartilham a
mesma loucura pelo cinema que eu. Abaixo meu ranking geral da Mostra:

Cortinas
Fechadas
(Jafar Panahi, Irã) ****½

Child’s
Pose (
Calin Peter Netzer,
Romênia) ****
Cães
Errantes
(Tsai Ming-liang, Taiwan/França) ****
Lições
de Harmonia
(Emir Baigazin e María
Florencia Álvarez, Cazaquistão/Alemanha/França) ****
Morro
dos Prazeres
(Maria Augusta Ramos, Brasil/Holanda) ****
Pais
e Filhos
(Hirokazu Kore-eda, Japão) ****
Centro
Histórico
(Aki Kaurismäki, Pedro Costa, Victor Erice e Manoel de Oliveira,
Portugal) ****
Manakamana
(Pacho Velez e Stephanie Spray, Nepal/EUA) ***½
Inside
Llewyn Davis
(Joel e Ethan Coen, EUA/França) ***½
Escudo
de Palha
(Takashi Miike, Japão) ***½
Um
Toque de Pecado
(Jia Zhang-ke, China) ***½
Depois
da Chuva
(Cláudio Marques e Marília Hughes, Brasil) ***½
Norte,
O Fim da História
(Lav Diaz, Filipinas) ***½
Meteora
(Spiros Stathoupolus, Grécia/Alemanha) ***
Educação
Sentimental
(Julio Bressane, Brasil) ***
Peixe
e Gato
(Shahram Mokri, Irã) ***
Las
Horas Muertas
(Aarón Fernández,
México/França/Espanha) ***
Ilo
Ilo
(Anthony Chen, Cingapura) ***
Confissões
de Assassinato
(Jung Byung-gil, Coreia do Sul) ***
Sexo,
Drogas e Impostos
(Christopher Boe, Dinamarca) ***
Bends (Flora Lau, Hong
Kong/China) **½
Grigris (Mahamat-Saleh Haroun,
Chade/França) **½
Grand
Central
(Rebecca Zlotowski, França/Áustria) **½
Até
Ver a Luz
(Basil da Cunha, Portugal) **½
3x3D (Peter Greenaway,
Edgard Pêra e Jean-Luc Godard, Portugal) **½
Miss
Violence
(Alexandros Avranas, Grécia) **½
Wakolda
(Lucía Puenzo, Argentina/França/Espanha/Noruega) **½
A
Gaiola Dourada
(Ruben Alves, Portugal/França) **½
Amanhã
Nunca Termina
(Isabel Coixet, Espanha) **½
O
Grande Mestre
(Wong Kar-wai, Hong Kong) **
Riocorrente
(Paulo Sacramento, Brasil) **
O
Garoto que Come Alpiste
(Ektoras
Lygizos, Grécia) *½  
Segurança
Nacional
(Chung Ji-Young, Coreia
do Norte) *
Hors Concurs:

2001:
Uma Odisseia no Espaço
(Stanley Kubrick, EUA/Reino Unido, 1968) *****
Laranja
Mecânica
(Stanley Kubrick, EUA/Reino Unido, 1971) *****
Nascido
para Matar
(Stanley Kubrick, EUA, 1987) *****
A
Rotina Tem Seu Encanto
(Yasujiro Ozu, Japão, 1962) *****
O
Deserto dos Tártaros
(Valerio Zurlini, Itália/França/Alemanha, 1976) ****½
Flor
de Equinócio
(Yasujiro Ozu, Japão) ****
Providence
(Alain Resnais, França/Suíça/Reino Unido, 1977) ****

Barry Lyndon (Stanley
Kubrick, EUA/Reino Unido, 1975) ****

2 thoughts on “Mostra SP – ranking geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquivos